Poesia na Vila telebrasília

“A Lira do Delírio” é o título da nossa sessão de quinta (30) às 19 horas, e também uma homenagem à obra dirigida por Walter Lima Júnior, em 1978. O filme é embalado pelo carnaval, numa linguagem que funde realidade e memória em uma forma livre e experimental, com uma força dramática e estética, única na carreira do cineasta.

Os dois filmes que compõe esse programa trazem à tona a poesia, que se dá na experimentação de linguagem no filme de Maria Vitória Canesin, 32 Mastigadas: 16N e 16S (13min, 2008), onde personagens absurdos evocam o delírio estético da capital; e na homenagem aos poetas das mais diversas áreas do nosso planalto no filme de Neto Borges, Sob o Signo da Poesia (65min, 2011), que resgata a memória e tece com a realidade atual vivida no Distrito Federal.

Como no carnaval, nesta quinta veremos a tela se encher de liberdade e poesia!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s